sábado, 19 de abril de 2008

Evite a redundância!

O uso de palavras supérfluas, inúteis ou desnecessárias nas frases caracteriza a redundância.
Atenção aos erros mais comuns.
"Há dois meses atrás": tanto como atrás indicam passado. Não use os dois juntos. Ele chegou há dois meses ou Ele chegou dois meses atrás.
"Entrar dentro da área": ninguém entra fora. Portanto: Entrar na área. Da mesma forma são condenáveis: sair fora; subir para cima; descer para baixo.
"Já não há mais motivos": já e mais têm a mesma função. Não há mais motivo ou Já não há motivo.
"Elo de ligação": elo já indica ligação. Ele é o elo entre a empresa e os funcionários. Atenção também para "viúva do falecido" - não há viúvos sem falecidos; "ganhar grátis" - não se ganha pagando; "habitat natural" - todo habitat é natural.
"Lançar novos produtos": impossível lançar velhos produtos.
"Planos para o futuro": não há planos para o passado.
Entre outros...
Atenção!!!
beijos..

Nenhum comentário: